quinta-feira, 27 de abril de 2017

#52semanasdegratidão 16





Deus me abre os olhos da inteligência, me faz conhecer muitas realidades, tanto de ordem espiritual quanto de vida. Parece que minha vida de uns meses para cá tem nova luz, tudo me parece novo. Consigo captar pormenores, recapitular o resto de minha vida e sei que, com Deus, recebi tudo o que sou e tenho. O sofrimento persistiu outrora. Parece que margeava um rio... que navegava por uma forte tempestade e o timão do barco quebrado fora. Vivi situações críticas, escapei, literalmente, da morte. Senti confusão extrema e sofri muito. Constatada uma enfermidade grave, a aflição tomou conta do meu ser, mas a consolação espiritual perpassou todo desconforto anterior e sei o que é chorar de emoção. Deus retirou o fardo do meu ombro. Fui ajudada por amigos depois de ajudar a muitos também. E uma das coisas que falava antes, estou podendo agora fazer: usar a minha inteligência em meu próprio benefício, tirar partido dos talentos que Deus me deu. 
Nunca me faltou a ardente esperança na Divina misericórdia. Ser uma artesã da paz, eis a questão! Sempre em fraternidade, mesmo longe, em meio aos perigos, furacões, tempestades, temporais... Os anjos do Senhor me protegem. Conforme sempre, à Proteção da Mãe de Deus, Ele me concede tudo o que é para meu bem. Fico sempre consolada depois do perigo. Ele me salva para me lançar em tempestade ainda mais forte. Tenho uma dívida enorme com o Senhor Deus.Com muita frequência, recorda-me que Deus concedeu-me sentir, no recôndito da minha alma, de que perigos e sofrimentos me fazem perseverar, graças às preces dos Mosteiros e amigos.

MINHA ORAÇÃO E MINHA VIDA

Peço a Deus que me preserve da desobediência e do orgulho. Ser oblata beneditina é um verdadeiro presente que Deus me concedeu. Faz, Senhor, que aquilo que realiza em mim durante anos, eu não possa demolir por outro lado, com minha falta de prudência. Peço-lhe, Senhor, a submissão voluntária. Preciso ainda adquirir fortaleza, doçura, paciência e humildade para fazer de boa vontade o que posso fazer.Com raiva, gritos, intolerância, impaciência não se resolve nada, ainda bem. Um coração frívolo e cheio de si não me pode fazer bem-aventurada: impiedade, autossuficiência, arrogância me assustam demais. A triste e sombria solidão me estreita, Senhor. O Senhor me ampara e me abençoa, a minha força vem do alto. Ficará sempre essa dívida para contigo sem que possa quitar jamais. 
"O que não posso obter pelo pároco da humildade, não o procuro pela briga". 
(Inácio de Loyola)

Tento colocar no blog tudo o que verdadeiramente sinto. Isto já o faço há quase oito anos  e tem me feito muitíssimo bem. Agradeço muito a Deus por isso. Por minha vez, digo algo, procuro, reúno letras de certa maneira, faço-me entender, não com verdade infalível, TUDO tem seu significado, sentido, eu sei porque essa linha acaba aqui... porque assim é preciso... sem faltar uma vírgula... sem um só ponto inútil... ao meu entender e sentir.
Se não fosse a ORAÇÃO fiel e diária, minha vida não teria o sentido que tem.
Procuro colocar no blog a minha experiência pessoal de oração para que a muitos possa eu ajudar ainda que não o saiba. O que parece confuso, complicado, pouco sensato e lógico, imaginário, me encanta por beleza, por ondas, por razões, por sabedoria e as incompreensíveis maravilhas que descobrindo vou... me abandonando em Deus e em mim mesma.

De vez em quando, publico algo a este respeito, com a finalidade de partilha em diversos níveis. Mais uma vez reitero meu desejo de ser ÚTIL.



















Lagoa do Meio




A Bela e a Fera







Meu retrato de felicidade...






Há dez anos me fazendo a vovó mais feliz do mundo...



Você é meu sorriso mais alegre há dez anos...



Smurfs









Feita pela filha...


Quitutes Pascais...




Depois da escola, uma boa diversão...




Brincadeira de criança...
Como é bom!


Brincando de Hulk...


Alegria, enfim!
Junto deles, eu sou feliz...


Obrigada, Senhor, pelo meu  retiro de Semana Santa:











Jesus ressurgiu verdadeiramente, aleluia!






Chegou a Páscoa, aleluia!



Páscoa do Senhor


Percorrer muitas estradas, voltar para casa e olhar tudo como se fosse pela primeira vez.
(Paulo Coelho)


3 comentários:

  1. Minha filha também é um grude só com as duas vovós. Parabéns pelos netos lindos! bjos.

    ResponderExcluir
  2. Roselia:
    Que vovó querida és.
    Beijocas

    ResponderExcluir
  3. Gratidão mesmo, pelos netos lindos e amorosos.
    joturquezzamundial
    Beijos.

    ResponderExcluir